Decoração em vermelho para o quarto.

6

Os dias frios começam a chegar e as cores mais escuras vêm junto, nos pedidos para a decoração. Dessa vez, a cliente tem só 6 anos e quer um quarto vermelho, vê se pode!

Não é consenso de que esse tom fique bem em um quarto, ainda mais em um infantil, pois para se usar vermelho puro, ou suas variações mais intensas, é necessário espaço, artigo raro hoje em dia.

Pitadas de vermelho:

Se você gosta da cor e não tem muita área disponível, pode usar e abusar de acessórios. Veja o que selecionei:

Misturado ao azul ou branco, ganha nuances mais suaves, conferindo um toque romântico e feminino. Almofadas, colchas e até brinquedos, podem fazer parte da decoração colorindo o ambiente.

Moderação nas cores:

Esses outros três ambientes eu selecionei para demonstrar que podemos compor o decór com detalhes maiores e que chamam mais a atenção. Em todos porém, a base é neutra. Móveis inteiros pintados na sua cor preferida fica um show!

♥ Fica a dica: várias pequenas molduras, ou mesmo quadros amarrados com fita nos pregos, na parede da cama ou de uma poltrona, traz leveza e muita feminilidade.

Cores mais intensas:

Esses quartos eu selecionei para que possamos ver que o vermelho não é assim tão agressivo.

No papel de parede com listras grandes, ele deu um toque alegre e pode ser usado em espaços divididos por irmãos de sexos diferentes. Cobrindo uma parede grande, ficou discreto atrás do armário e combinou com a colcha da cama.

Mas o charme maior ficou por conta da última imagem. Simplesmente um charme essa parede toda vermelha com as flores brancas em adesivo ou MDF pintadas. A cortina branca tratou de equilibrar o ambiente.

Fiquei até com vontade de pintar uma aqui em casa!!!

Pufe na Decoração CURTA.jpg

  • Siga!             Twitter            @tmpdecorar no 

                              Instagram       @arianemedeirosdesigner  

Ariane Medeiros

Ariane Medeiros

Fui professora por muitos anos, em diferentes estados, e com isso aprendi que o Brasil gosta de representar sua cultura de várias formas. Estudei um pouco de Direito, História e finalmente Design de Interiores, curso que estava em meus sonhos infantis e que me impulsionou a criar este blog para dividir muitas ideias com todos vocês.

Curtam e compartilhem:
TwitterFacebookYouTube

A luz ideal para ler

Em quase todos meus projetos lá está ela: a luz para leitura.

Foto-022 (2)

Projeto de Living de Apartamento

Pode ser para estudo ou apenas descontração. A iluminação bem orientada, não força a vista de ninguém. Na imagem acima, um pequeno abajour quebra um galhão na hora de enxergar os números do controle remoto, rss. 

Atenção para o foco

Segundo a revista Casa e Construção, “para cada necessidade há uma opção. Lâmpadas que emitem luz com tom branco-azulado estimulam mais o trabalho; já aquelas com emissão de cor quente ou branca-amarelada levam ao relaxamento”. Fique atento na hora de decidir.

Para cada tipo de leitura, uma iluminação

Podemos criar diferentes ambientes dependendo de nossas necessidades.

As imagens acima, ilustram bem essas diferenças. Na 1ª, a luz difusa traz relaxamento. A 2ª deve ser direta para não causar sombra e facilitar o trabalho e na última imagem, uma luminária bem posicionada, ajuda a não perder nenhuma palavra.

E para dar aquela última lida antes de dormir, arandelas são lindas e clareiam bem.

Foto-2B8

 Confiram mais no projeto Quarto ousado para uma jovem ousada. Tchau!!

Ariane Medeiros

Ariane Medeiros

Fui professora por muitos anos, em diferentes estados, e com isso aprendi que o Brasil gosta de representar sua cultura de várias formas. Estudei um pouco de Direito, História e finalmente Design de Interiores, curso que estava em meus sonhos infantis e que me impulsionou a criar este blog para dividir muitas ideias com todos vocês.

Curtam e compartilhem:
TwitterFacebookYouTube