A luz faz toda a diferença!

 Olá!!! 
Quando, principalmente as mulheres, fazem uma bela produção ao se vestirem para uma ocasião especial, nunca se esquecem de arrumar também o cabelo e de fazer maquiagem, pois estas dão o toque final no look.

Na decoração de interiores, é a mesma coisa, já que nem sempre a luz do sol é abundante dentro do cômodo. É a iluminação que destaca tudo. 

Resolvi então trazer algumas dicas sobre o tema:

Clipboard 1

  1. Se faltam recursos financeiros para a contratação de um profissional, você pode optar pela leitura da norma NBR 5413 que trata de iluminação a baixas tensões;
  2. Equilibre a escolha das luminárias conforme as cores da decoração.Um local com piso e paredes escuros necessita de mais iluminação;
  3. Busque o equilíbrio no consumo de energia mesclando lâmpadas de LED, fluorescente e halógenas, evitando as incandescentes;
  4. Utilize o modo de iluminação que mais te agrada: difusa, nos casos de espalhar a iluminação geral no ambiente (plafons, lustres, abajures) e o focado, nos casos onde se quer direcionar e evidenciar uma determinada região do ambiente (embutidos e spots);
  5. Utilize abajures e luminárias de chão para incrementar o ambiente e ao mesmo tempo a iluminação.

Iluminando ambientes com e sem  forro de gesso

Projeto de iluminação sem gesso

Mesmo que sua área seja integrada, cada um dos locais pede determinado tipo de luz, de acordo com o uso, portanto trate-os isoladamente.

Vão aqui dicas preciosas para destacar cada área de sua casa:

  • Na área de jantar, o importante é ter uma luminária bem acima da mesa (a 60 cm do tampo). Escolha um modelo que não provoque áreas de sombra, nem ofusque quem está sentado.
  • A cozinha pede luz geral difusa – suave e sem foco direto, que pode ser um vidro fosco ou acrílico –, além de pontos com lâmpadas de grau fechado sobre as áreas de trabalho. Cuidado com pendentes acima do balcão para não ficar over e atrapalhar sua visão.cynthiamonteiro-1

Atitudes não recomendadas:

  1. Misturar fluorescentes e halógenas no mesmo ambiente.
  2. Utilizar lâmpadas frias em lustres de cristais.
  3. Colocar pendentes em ambientes de passagem e locais abertos, pois podem provocar acidentes ou balançar com o vento.
fonte de pesquisa: www.casa abril.com.br
ìcone
  • Siga!                @tmpdecorar no Twitter  

                                  @arianemedeirosdesigner no Instagram

Ariane Medeiros

Ariane Medeiros

Fui professora por muitos anos, em diferentes estados, e com isso aprendi que o Brasil gosta de representar sua cultura de várias formas. Estudei um pouco de Direito, História e finalmente Design de Interiores, curso que estava em meus sonhos infantis e que me impulsionou a criar este blog para dividir muitas ideias com todos vocês.

Curtam e compartilhem:
TwitterFacebookYouTube

Luminárias: o que é melhor para cada ambiente?

Olá gente!!

O final de ano está chegando, e ainda dá tempo de deixar nossa casa bonita para receber as festas. Hoje trago dicas importantes para quem quer melhorar a iluminação de seu ambiente mas não sabe bem o que comprar. Vamos lá!

Uma boa iluminação é importante para destacar a decoração de sua casa e deixá-la mais aconchegante. Qualquer peça que irradia luz, pode ser definida como luminária. Abaixo, listo cada uma delas e onde fica melhor instalá-la. Confira:

Embutidas

Encontradas em diversos tamanhos, podem ser utilizadas em todos os ambientes que contenham forro.  Existem diversos tipos, com ou sem fechamento em acrílico ou vidro, direcionáveis ou fixas. Transferem um visual clean ao espaço.

Plafon

Instaladas rentes ao teto, podem produzir efeito de luz direta ou indireta.

  • Luz direta: O plafon com luz difusa não impede que a luz alcance o ambiente, proporcionando uma iluminação mais direta. Pode ser usado em salas de jantar, cozinhas e salas.
  • Luz indireta: Na iluminação indireta o plafon de vidro produz efeito de luz indireta; a luz é irradiada para o teto e depois refletida no ambiente. Este tipo de iluminação cria menos sombra e é mais agradável aos olhos, por isso é mais indicada para quartos e salas.

Existe ainda o plafon pendente. Ele possui o mesmo sistema de fixação no teto, porém com pendentes que dão um charme na luminária por ter esses detalhes de vidro ou cristais, assemelhando-se aos lustres.

Pendente

Agrupados ou únicos, esse tipo de luminária desce do teto presas por cabos ou fios. Ideais  para decorar e iluminar bancadas, mesas, mezaninos e laterais de cama.

  • Lustre: este tipo de pendente altamente decorativo é muito utilizado em livings, hall de entrada, escadas, comércio, enfim, onde possam ser o destaque.  Em versões menores, estão sendo muito utilizados em quartos com decoração romântica.

Spots

Atenção: esse tipo de luminária é indicada apenas para iluminar um ponto específico, como um quadro ou uma escultura. Não é indicado para iluminação geral de um ambiente!

Abajur

De mesa ou de chão, são ótimas para complementar a quantidade de luz em um espaço sem quebra-quebra.

♥ Abajur de piso: a opção melhor são os articulados, pois assim você poderá direcioná-los para onde precisar. Procure combinar com as cores existentes na decoração do espaço ou com uma cor complementar.

Balizador

Aqui mais um tipo de luminária usada para direcionar o foco de luz.

  • Ambientes internos: são geralmente embutidas para indicar caminhos, como em corredores e escadas.
  • Ambientes externos: na área externa, além de embutidas, podem ser encontradas como mini- postes e a utilização é a mesma.

Arandelas

Para ser instalada na parede, também produz luz difusa e ilumina indiretamente o ambiente permitindo assim um clima aconchegante. Dependendo da forma e do material da arandela, são formados diferentes fachos de luz na parede criando desenhos luminosos.

Projeto de iluminação contemplando vários tipos de luminárias:

ambienteViram só: aqui, todo mundo pode decorar!! Até breve.

ìcone

  • Siga!                @tmpdecorar no Twitter  

                                  @arianemedeirosdesigner no Instagram

Poderá também gostar de:

iluminação provençal

A princesa cresceu!

Área de jantar

 

 

Ariane Medeiros

Ariane Medeiros

Fui professora por muitos anos, em diferentes estados, e com isso aprendi que o Brasil gosta de representar sua cultura de várias formas. Estudei um pouco de Direito, História e finalmente Design de Interiores, curso que estava em meus sonhos infantis e que me impulsionou a criar este blog para dividir muitas ideias com todos vocês.

Curtam e compartilhem:
TwitterFacebookYouTube

Meu quarto é pequeno mas pode ficar lindo!

Observo que muitas pessoas têm dúvidas na hora de pensar na decoração de seu quarto, pois os imóveis estão encolhendo e nossa mobília não! rsss.

Resolver essa questão é um desafio; a cama já ocupa quase todo o espaço, e ainda tem outros móveis e alguns acessórios….A solução consiste em apostar em móveis inteligentes e truques que façam o cômodo parecer mais amplo.

Separei algumas dicas que você deve levar em conta:

  • Luminosidade

A entrada de luz deve ser farta, e se rebater nas paredes claras, aumentam a sensação de amplitude. Se no seu quarto as janelas são pequenas, amplie a luz artificial. Pendentes laterais não precisam de apoio e colaboram para melhorar a quantidade de iluminação total.Clipboard 1

 

Continuar lendo

Ariane Medeiros

Ariane Medeiros

Fui professora por muitos anos, em diferentes estados, e com isso aprendi que o Brasil gosta de representar sua cultura de várias formas. Estudei um pouco de Direito, História e finalmente Design de Interiores, curso que estava em meus sonhos infantis e que me impulsionou a criar este blog para dividir muitas ideias com todos vocês.

Curtam e compartilhem:
TwitterFacebookYouTube