Luminárias: o que é melhor para cada ambiente?

Olá gente!!

O final de ano está chegando, e ainda dá tempo de deixar nossa casa bonita para receber as festas. Hoje trago dicas importantes para quem quer melhorar a iluminação de seu ambiente mas não sabe bem o que comprar. Vamos lá!

Uma boa iluminação é importante para destacar a decoração de sua casa e deixá-la mais aconchegante. Qualquer peça que irradia luz, pode ser definida como luminária. Abaixo, listo cada uma delas e onde fica melhor instalá-la. Confira:

Embutidas

Encontradas em diversos tamanhos, podem ser utilizadas em todos os ambientes que contenham forro.  Existem diversos tipos, com ou sem fechamento em acrílico ou vidro, direcionáveis ou fixas. Transferem um visual clean ao espaço.

Plafon

Instaladas rentes ao teto, podem produzir efeito de luz direta ou indireta.

  • Luz direta: O plafon com luz difusa não impede que a luz alcance o ambiente, proporcionando uma iluminação mais direta. Pode ser usado em salas de jantar, cozinhas e salas.
  • Luz indireta: Na iluminação indireta o plafon de vidro produz efeito de luz indireta; a luz é irradiada para o teto e depois refletida no ambiente. Este tipo de iluminação cria menos sombra e é mais agradável aos olhos, por isso é mais indicada para quartos e salas.

Existe ainda o plafon pendente. Ele possui o mesmo sistema de fixação no teto, porém com pendentes que dão um charme na luminária por ter esses detalhes de vidro ou cristais, assemelhando-se aos lustres.

Pendente

Agrupados ou únicos, esse tipo de luminária desce do teto presas por cabos ou fios. Ideais  para decorar e iluminar bancadas, mesas, mezaninos e laterais de cama.

  • Lustre: este tipo de pendente altamente decorativo é muito utilizado em livings, hall de entrada, escadas, comércio, enfim, onde possam ser o destaque.  Em versões menores, estão sendo muito utilizados em quartos com decoração romântica.

Spots

Atenção: esse tipo de luminária é indicada apenas para iluminar um ponto específico, como um quadro ou uma escultura. Não é indicado para iluminação geral de um ambiente!

Abajur

De mesa ou de chão, são ótimas para complementar a quantidade de luz em um espaço sem quebra-quebra.

♥ Abajur de piso: a opção melhor são os articulados, pois assim você poderá direcioná-los para onde precisar. Procure combinar com as cores existentes na decoração do espaço ou com uma cor complementar.

Balizador

Aqui mais um tipo de luminária usada para direcionar o foco de luz.

  • Ambientes internos: são geralmente embutidas para indicar caminhos, como em corredores e escadas.
  • Ambientes externos: na área externa, além de embutidas, podem ser encontradas como mini- postes e a utilização é a mesma.

Arandelas

Para ser instalada na parede, também produz luz difusa e ilumina indiretamente o ambiente permitindo assim um clima aconchegante. Dependendo da forma e do material da arandela, são formados diferentes fachos de luz na parede criando desenhos luminosos.

Projeto de iluminação contemplando vários tipos de luminárias:

ambienteViram só: aqui, todo mundo pode decorar!! Até breve.

ìcone

  • Siga!                @tmpdecorar no Twitter  

                                  @arianemedeirosdesigner no Instagram

Poderá também gostar de:

iluminação provençal

A princesa cresceu!

Área de jantar

 

 

Ariane Medeiros

Ariane Medeiros

Fui professora por muitos anos, em diferentes estados, e com isso aprendi que o Brasil gosta de representar sua cultura de várias formas. Estudei um pouco de Direito, História e finalmente Design de Interiores, curso que estava em meus sonhos infantis e que me impulsionou a criar este blog para dividir muitas ideias com todos vocês.

Curtam e compartilhem:
TwitterFacebookYouTube

Meu quarto é pequeno mas pode ficar lindo!

Observo que muitas pessoas têm dúvidas na hora de pensar na decoração de seu quarto, pois os imóveis estão encolhendo e nossa mobília não! rsss.

Resolver essa questão é um desafio; a cama já ocupa quase todo o espaço, e ainda tem outros móveis e alguns acessórios….A solução consiste em apostar em móveis inteligentes e truques que façam o cômodo parecer mais amplo.

Separei algumas dicas que você deve levar em conta:

  • Luminosidade

A entrada de luz deve ser farta, e se rebater nas paredes claras, aumentam a sensação de amplitude. Se no seu quarto as janelas são pequenas, amplie a luz artificial. Pendentes laterais não precisam de apoio e colaboram para melhorar a quantidade de iluminação total.Clipboard 1

 

Continuar lendo

Ariane Medeiros

Ariane Medeiros

Fui professora por muitos anos, em diferentes estados, e com isso aprendi que o Brasil gosta de representar sua cultura de várias formas. Estudei um pouco de Direito, História e finalmente Design de Interiores, curso que estava em meus sonhos infantis e que me impulsionou a criar este blog para dividir muitas ideias com todos vocês.

Curtam e compartilhem:
TwitterFacebookYouTube

Decorar casa de aluguel

O que este quadro de Van Gogh está fazendo no chão????

IMG_20150602_164142427

Até parece que é verdadeiro!!!! Mas é uma gravura que guardo com carinho, e após a mudança para a 6ª casa, decidi deixá-la encostada na parede.

Essa é uma das dicas que vou repassar para vocês e que me foram muito úteis nos momentos em que quis deixar o lar provisório com a minha cara.

Vamos ao que interessa: Continuar lendo

Ariane Medeiros

Ariane Medeiros

Fui professora por muitos anos, em diferentes estados, e com isso aprendi que o Brasil gosta de representar sua cultura de várias formas. Estudei um pouco de Direito, História e finalmente Design de Interiores, curso que estava em meus sonhos infantis e que me impulsionou a criar este blog para dividir muitas ideias com todos vocês.

Curtam e compartilhem:
TwitterFacebookYouTube

Dicas de iluminação para área de jantar

Para trazer elegância e aconchego à sua casa, que tal dar uma melhorada na iluminação de sua sala de jantar?

Com a integração dessa área com a de estar, muito comum hoje em dia, muitas pessoas têm dúvidas na hora de iluminar estes espaços. Aí vão algumas dicas:

1- Em primeiro lugar, defina onde ficará a mesa de refeições, caso isso não esteja claro em seu espaço. Tire as medidas, e centralize o principal foco de luz.

2- A iluminação no teto contribui para destacar a mesa de jantar. Ela deve ser brilhante e sem ofuscamento para todos se sentirem confortáveis.

3- Não há uma regra sobre a altura do pendente, caso essa seja sua escolha. Ele deve estar entre 70 e 80 cm acima da mesa.

Post: sala de jantar na varanda, pode?

4- Os profissionais da área de interiores calculam a quantidade de luminosidade que cada ambiente precisa, realizando um cálculo matemático. Para quem não é profissional, pense no seguinte: setorize as áreas dentro do ambiente e instale um ponto de luz pelo menos, em cada uma delas.

Na imagem acima dá para ver claramente esta ideia: há o pendente sobre a mesa de jantar, as arandelas destacam o móvel/buffet e as luzes coloridas iluminam a área social, acima de um grande banco (ver o post).

5- O conjunto mesa, cadeiras, luminárias devem combinar entre si e harmonizar com o restante do ambiente. Decida se a luminária que quer instalar vai ser um ponto de destaque, ou combinará com a da área de estar.

Decorando o ambiente

Clipboard

Nos espaço acima e à esquerda, optou-se pela discrição, compondo com a iluminação embutida no gesso do restante da sala. À direita, vemos que o pendente preto destacou-se no fundo neutro das paredes.

Agora, se você gosta de tudo neutro e mais clean, sua iluminação pode seguir esse estilo, como na foto abaixo. Só tome cuidado para não iluminar de menos. Observe se há espaços escuros ou que estão à sombra.



Essa dica vai para aqueles que são mais efusivos e gostam de cor.

Clipboard 2

 

Veja nos dois exemplos que a luminária praticamente some. Nesses casos, ela não pode “brigar” com a decoração. Opte por modelos beeeeem discretos.

“Quebrar regras é sempre possível, mas é preciso conhecê-las bem e usar de bom-senso. Tchau!

Ariane Medeiros

Ariane Medeiros

Fui professora por muitos anos, em diferentes estados, e com isso aprendi que o Brasil gosta de representar sua cultura de várias formas. Estudei um pouco de Direito, História e finalmente Design de Interiores, curso que estava em meus sonhos infantis e que me impulsionou a criar este blog para dividir muitas ideias com todos vocês.

Curtam e compartilhem:
TwitterFacebookYouTube

Decoração provençal

Quando falamos nesse tipo de decoração, pensamos em cores claras e na atmosfera romântica. Essa pode ter sido a adaptação que fizemos por aqui no Brasil.

Um pouco da história

Sua origem está na França, na região da Provence. Com ares do campo, essa forma de decorar se utiliza do rústico: do ferro com a madeira e das casas de pedra entre os campos de lavanda, cor predominante neste estilo.

foto: casa vogue

A foto acima foi tirada de uma casa da região. Observem que o mobiliário e o piso produzem um contraponto com a luminosidade natural refletida pelo branco das paredes. Além do lavanda, o azul do céu e o amarelo do outono, entram nas casas para dar um toque de cor.

A partir da corte de Luis XIV, o luxo passou a tomar conta dos castelos da França e a população que não era nada boba, tentou imitar, adaptando com o que tinha. Uma das criações mais famosas dessa época foi a pátina.

Adaptando aos nossos dias

Hoje, esse estilo de vida pode perfeitamente ser incorporado ao nosso. O rústico com o moderno convivem muito bem. Podemos até instalar adesivos ao invés de tijolinhos reais!

Nessa cozinha clean, elementos do provençal dão o ar da graça: a madeira escura no piso, cadeiras inspiradas nas poltronas Luis XV e acabamentos em tijolinhos acima da pia. Na minha opinião as luminárias vendidas como provençais, possuem desenhos florais que remetem aos campos de flores da França.

Homenagem justa!

foto: Alexandra Albuquerque

Rústico e Romântico

westwing.com.br

Criar contrastes entre elementos fortes e tonalidades amenas expressa bem o conceito provençal. Encontrei nessa imagem da West wing uma mescla do rústico com o romântico. Você pode, com poucos elementos, mudar sua casa.

Gostou? Se precisar de ajuda, escreva que posso te ajudar com um projeto de decoração sem cobrar nada.

Ariane Medeiros

Ariane Medeiros

Fui professora por muitos anos, em diferentes estados, e com isso aprendi que o Brasil gosta de representar sua cultura de várias formas. Estudei um pouco de Direito, História e finalmente Design de Interiores, curso que estava em meus sonhos infantis e que me impulsionou a criar este blog para dividir muitas ideias com todos vocês.

Curtam e compartilhem:
TwitterFacebookYouTube