Móveis coloridos

Quando eu era criança, lá pelos anos 80, na casa da minha avó havia geladeira, mesa de fórmica e fogão azuis, que produziam bolos com cheiros tão incríveis que ainda estão na minha memória.

Mas não são só as memórias de infância que estão vivas, não…as cores também!!! Elas simplesmente não saem da minha cabeça.:oops:

Colorindo o ambiente

Eu recebo muitas mensagens de leitores querendo projetos para suas salas, quartos e cozinhas em tons neutros. Ok, eu me rendo, mas em todos eles eu preciso por uma corzinha, não aguento, rss.

Toques coloridos em base neutra estão super em alta nos interiores modernos. Separei algumas imagens trazendo dicas profissionais para vocês se inspirarem.


  • Sala

Sejam com paredes claras ou mais escuras, em todos os ambientes o neutro predomina criando uma base para a ousadia.

Laranja, azul turquesa, amarelo e vinho são as cores da vez. Invista em móveis laqueados ou sofás nas suas cores preferidas. Se a intenção é apenas um toque de cor, detalhes como almofadas, luminárias porta-retratos ou apenas uma porta de um móvel em outra cor, trás modernidade a seu ambiente.


  • Cozinha

Nos móveis da cozinha, a tendência são os vidros ou madeiras coloridas nas portas. Porém charmosas mesmo ficam as cadeiras revestidas de tecidos estampados, na mesma cor ou diferentes. Vai do gosto do freguês.


  • Quarto

♥ Dicas para não errar a mão na hora de misturar as cores:

  1. Mais de uma cor vibrante no mesmo lugar pode ficar cansativo;
  2. As cores da mesma paleta, ou monocromáticas, tendem a combinar melhor em qualquer espaço;
  3. Para não errar, opte por uma única peça colorida;
  4. Cuidado na hora de misturar estampas de móveis com estampas de papel de parede. As cores não precisam combinar, mas precisam harmonizar.

Se precisar de ajuda, me escreva. Beijos!!!

Pufe na Decoração CURTA.jpg

  • Siga!             Twitter            @tmpdecorar no 

                              Instagram       @arianemedeirosdesigner  

Ariane Medeiros

Ariane Medeiros

Fui professora por muitos anos, em diferentes estados, e com isso aprendi que o Brasil gosta de representar sua cultura de várias formas. Estudei um pouco de Direito, História e finalmente Design de Interiores, curso que estava em meus sonhos infantis e que me impulsionou a criar este blog para dividir muitas ideias com todos vocês.

Curtam e compartilhem:
TwitterFacebookYouTube

Dicas de iluminação para área de jantar

Para trazer elegância e aconchego à sua casa, que tal dar uma melhorada na iluminação de sua sala de jantar?

Com a integração dessa área com a de estar, muito comum hoje em dia, muitas pessoas têm dúvidas na hora de iluminar estes espaços. Aí vão algumas dicas:

1- Em primeiro lugar, defina onde ficará a mesa de refeições, caso isso não esteja claro em seu espaço. Tire as medidas, e centralize o principal foco de luz.

2- A iluminação no teto contribui para destacar a mesa de jantar. Ela deve ser brilhante e sem ofuscamento para todos se sentirem confortáveis.

3- Não há uma regra sobre a altura do pendente, caso essa seja sua escolha. Ele deve estar entre 70 e 80 cm acima da mesa.

Post: sala de jantar na varanda, pode?

4- Os profissionais da área de interiores calculam a quantidade de luminosidade que cada ambiente precisa, realizando um cálculo matemático. Para quem não é profissional, pense no seguinte: setorize as áreas dentro do ambiente e instale um ponto de luz pelo menos, em cada uma delas.

Na imagem acima dá para ver claramente esta ideia: há o pendente sobre a mesa de jantar, as arandelas destacam o móvel/buffet e as luzes coloridas iluminam a área social, acima de um grande banco (ver o post).

5- O conjunto mesa, cadeiras, luminárias devem combinar entre si e harmonizar com o restante do ambiente. Decida se a luminária que quer instalar vai ser um ponto de destaque, ou combinará com a da área de estar.

Decorando o ambiente

Clipboard

Nos espaço acima e à esquerda, optou-se pela discrição, compondo com a iluminação embutida no gesso do restante da sala. À direita, vemos que o pendente preto destacou-se no fundo neutro das paredes.

Agora, se você gosta de tudo neutro e mais clean, sua iluminação pode seguir esse estilo, como na foto abaixo. Só tome cuidado para não iluminar de menos. Observe se há espaços escuros ou que estão à sombra.



Essa dica vai para aqueles que são mais efusivos e gostam de cor.

Clipboard 2

 

Veja nos dois exemplos que a luminária praticamente some. Nesses casos, ela não pode “brigar” com a decoração. Opte por modelos beeeeem discretos.

“Quebrar regras é sempre possível, mas é preciso conhecê-las bem e usar de bom-senso. Tchau!

Ariane Medeiros

Ariane Medeiros

Fui professora por muitos anos, em diferentes estados, e com isso aprendi que o Brasil gosta de representar sua cultura de várias formas. Estudei um pouco de Direito, História e finalmente Design de Interiores, curso que estava em meus sonhos infantis e que me impulsionou a criar este blog para dividir muitas ideias com todos vocês.

Curtam e compartilhem:
TwitterFacebookYouTube

Decoração provençal

Quando falamos nesse tipo de decoração, pensamos em cores claras e na atmosfera romântica. Essa pode ter sido a adaptação que fizemos por aqui no Brasil.

Um pouco da história

Sua origem está na França, na região da Provence. Com ares do campo, essa forma de decorar se utiliza do rústico: do ferro com a madeira e das casas de pedra entre os campos de lavanda, cor predominante neste estilo.

foto: casa vogue

A foto acima foi tirada de uma casa da região. Observem que o mobiliário e o piso produzem um contraponto com a luminosidade natural refletida pelo branco das paredes. Além do lavanda, o azul do céu e o amarelo do outono, entram nas casas para dar um toque de cor.

A partir da corte de Luis XIV, o luxo passou a tomar conta dos castelos da França e a população que não era nada boba, tentou imitar, adaptando com o que tinha. Uma das criações mais famosas dessa época foi a pátina.

Adaptando aos nossos dias

Hoje, esse estilo de vida pode perfeitamente ser incorporado ao nosso. O rústico com o moderno convivem muito bem. Podemos até instalar adesivos ao invés de tijolinhos reais!

Nessa cozinha clean, elementos do provençal dão o ar da graça: a madeira escura no piso, cadeiras inspiradas nas poltronas Luis XV e acabamentos em tijolinhos acima da pia. Na minha opinião as luminárias vendidas como provençais, possuem desenhos florais que remetem aos campos de flores da França.

Homenagem justa!

foto: Alexandra Albuquerque

Rústico e Romântico

westwing.com.br

Criar contrastes entre elementos fortes e tonalidades amenas expressa bem o conceito provençal. Encontrei nessa imagem da West wing uma mescla do rústico com o romântico. Você pode, com poucos elementos, mudar sua casa.

Gostou? Se precisar de ajuda, escreva que posso te ajudar com um projeto de decoração sem cobrar nada.

Ariane Medeiros

Ariane Medeiros

Fui professora por muitos anos, em diferentes estados, e com isso aprendi que o Brasil gosta de representar sua cultura de várias formas. Estudei um pouco de Direito, História e finalmente Design de Interiores, curso que estava em meus sonhos infantis e que me impulsionou a criar este blog para dividir muitas ideias com todos vocês.

Curtam e compartilhem:
TwitterFacebookYouTube

A suavidade do azul para sua sala

O azul é uma cor suavizante e calmante, que pode trazer relaxamento, paz e quietude. Pensando nisso a leitora Dirce, escreveu para meu e-mail com as medidas de sua sala e pediu ideias para torná-la aconchegante e moderna, mas sem precisar gastar muito.

Ah, e queria um sofá azul…

Este de veludo, tem 2,20 de largura e ficou incrível com um banco colorido que faz as vezes de mesa lateral. Quando chegar mais uma visita, já sabe…

Lá em casa, como na de quase todo mundo que conheço, a sala também é lugar de assistir tv. Então, para resolver alguns dilemas, digamos, de conforto, usamos pufes.

IMG_20150408_204242716[1]Este aí de cima é um deles. Serve como mesa lateral, porta objetos, apoio para os pés quando queremos descansar e nos finais de semana, banco para as visitas. 1001 utilidades!!!

Para o projeto da leitora, um móvel feito sob medida sem portas, mesa de centro, tapete, cortina e no chão, piso vinílico. Tudo bem bonito e bem em conta, como Dirce pediu.

Foto 02

A parede da entrada do apartamento recebeu revestimento no padrão madeira inclusive na porta, dando uma sensação visual de que ficou maior. Esse padrão pode ser aplicado com madeira, o próprio piso vinílico ou adesivo. Tudo vai depender do bolso do cliente.

Foto 05Para dar um charme a esta sóbria e charmosa sala, luzes para aquecer. Nas velas, fitas de LED na prateleira e no pendente lateral. Se puder, use dimmer, pois eles aumentam ou diminuem a iluminação separadamente, ajudando a criar o clima que quiser.

 Para fazer esse projeto, não cobrei nada, apenas o compartilhamento nas redes sociais. Se você também quiser um, me escreva!

Ariane Medeiros

Ariane Medeiros

Fui professora por muitos anos, em diferentes estados, e com isso aprendi que o Brasil gosta de representar sua cultura de várias formas. Estudei um pouco de Direito, História e finalmente Design de Interiores, curso que estava em meus sonhos infantis e que me impulsionou a criar este blog para dividir muitas ideias com todos vocês.

Curtam e compartilhem:
TwitterFacebookYouTube

Decorando com pallet

Olá, neste post eu trago uma ideia para quem não quer gastar muito com móveis, mas não abre mão da beleza: decoração com pallets.

Do francês pallete, esse estrado de madeira, metal ou plástico, era utilizado somente na movimentação de cargas e hoje podemos utilizá-lo para construir mobília e até embutí-las nas paredes.

No quarto do casal:

Os locais mais comuns de se encontrar essa nova modalidade, são salas e quartos, mas a galera já está inovando. Vejam os melhores que separei para vocês:

0403-3548-slider0

westwing.com.br

No quarto do casal, duas ótimas opções: na foto de cima, o painel já foi comprado pronto e uma composição cria um espaço para a tv. Na imagem de baixo, além da cabeceira, o estrado para o colchão também foi construído de pallets. Se quiser, pode reutilizar caixotes de madeira, como os que foram usados para mesa de cabeceira.

casinha bonitinha 2

No quarto dos filhos:

foto reprodução casa abril

foto: reprodução/ casa abril

pallet escritorio

palletescritório.com.br

Olha que genial essa dica: um painel que pode ser usado em qualquer cômodo da casa. Utilize ganchos, que você pode encontrar em lojas de ferragens, e ganhe um espaço para armazenar objetos no quarto, lavanderia, despensa, jardim, etc.

moveis-de-paletes-04

moveisdepaletes.com.br

Em outros espaços da casa:

O móvel para tv e a mesa de centro, foram um dos modelos mais bonitos que encontrei, e a mesa de escritório, uma das mais funcionais.

Observem porém, que nestas fotos, as madeiras receberam acabamentos. Lixa, tinta, selador, pregos e parafusos são alguns dos materiais que você vai precisar para deixar o móvel com os seu estilo.

Atenção para o perigo:

Deixei para o final, mas não menos importante, alguns cuidados que deve ter antes de levar o estrado para casa:

  1. Conheça a procedência, pois ele pode ter carregado material tóxico, por exemplo;
  2. Prefira tábuas livres de pregos. Você não vai querer perder muito tempo com isso!
  3. Conheça o tratamento utilizado na madeira. Há três tipos, e o mais seguro vai ter a seguinte indicação nas tábuas: KD-HT. Na dúvida, use sempre luvas.
  4. Cuidado com as bactérias! O material é poroso, então mesmo usando água sanitária e deixando secar, não há garantias de que está totalmente limpo. Não é indicado para armazenar alimentos e nem brinquedos e mobiliário infantil.

Existem empresas como a West wing  e outras tantas que vendem esse material com segurança. Vale a pena consultar. Quer uma ajuda com um projeto com pallet? Escreva que posso te enviar sem custos. Tchau!

 

Ariane Medeiros

Ariane Medeiros

Fui professora por muitos anos, em diferentes estados, e com isso aprendi que o Brasil gosta de representar sua cultura de várias formas. Estudei um pouco de Direito, História e finalmente Design de Interiores, curso que estava em meus sonhos infantis e que me impulsionou a criar este blog para dividir muitas ideias com todos vocês.

Curtam e compartilhem:
TwitterFacebookYouTube